Tá na Ita, tá legal!

Vídeo mostra como começou incêndio que matou mais de 100 pessoas em casamento no Iraque

Na noite da última terça-feira, um incêndio tomou conta de uma festa de casamento, mais de 100 pessoas morreram e centenas ficaram feridas. Um vídeo que circula pelas redes sociais flagra o momento em que o casal, os convidados e as pessoas que trabalhavam no evento são surpreendidos por uma “chuva de fogo”, causado pelo desabamento de fragmentos do teto.

Um dos fragmentos em chamas atinge a cabeça de um convidado, que dá tapa sobre o couro cabeludo para se salvar. Enquanto isso, é possível ver que o fogo se espalha pela estrutura do teto e a fumaça tóxica, pelo salão. Vários convidados começam a correr e a pegar crianças no colo para tentarem deixar o estabelecimento. Um dos registros mostra que dezenas de pessoas estavam sentadas em mesas e tiveram dificuldade para encontrar uma saída em meio à fuga coletiva.

O noivo do casamento participou de um enterro coletivo de vítimas um dia depois da tragédia. Identificado apenas como Revan, o homem foi visto em prantos, sendo amparado por parentes e colegas em meio à despedida.

Ele e a noiva, Haneen, chegaram a ser hospitalizados, mas sobreviveram ao incidente, que está sob investigação das autoridades locais. Segundo a mídia local, Revan e Haneen estão numa situação psicológica “terrível”.

Os enterros coletivos começaram na tarde de quarta-feira, menos de 24h após a tragédia, e seguiram pela quinta. Quatorze pessoas foram detidas por envolvimento na tragédia, segundo autoridades locais.

Inicialmente, havia circulado a informação de que o casal morrera por conta do fogo. Agentes da defesa civil iraquiana, no entanto, afirmaram ao canal britânico BBC que os noivos sobreviveram. A informação também foi confirmada a emissora CNN pelo pai da noiva.

— Responsabilizo o dono do salão pelo ocorrido na festa porque não há extintores nem medidas de segurança — disse o homem, que não teve o nome revelado.

Uma foto que circula pelas redes sociais mostra o que seria a última foto do casal de noivos antes da tragédia.

Em nota, a Defesa Civil local afirmou que “informações preliminares indicam o uso de fogos de artifício durante o casamento, o que provocou um incêndio”. As autoridades detectaram a presença de painéis pré-fabricados “inflamáveis e em desacordo com as normas de segurança” na sala de festas onde aconteceu a tragédia.

CONFIRA O VÍDEO ABAIXO: