Tá na Ita, tá legal!

Vacinação contra a febre aftosa no Pará inicia nesta sexta, 5

Adepará lembra que após vacinação dos rebanhos, produtores devem fazer a comprovação da vacina. — Foto: Agência Pará / Divulgação
Adepará lembra que após vacinação dos rebanhos, produtores devem fazer a comprovação da vacina. — Foto: Agência Pará / Divulgação

A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (ADEPARÁ) inicia nesta sexta-feira (5) a etapa maio 2023 da vacinação contra a febre aftosa em 127 municípios do estado.

Nesta etapa, segundo o órgão, deverão ser vacinados bovinos e bubalinos de todas as idades.

A campanha, que normalmente inicia dia 1º de maio, foi adiada por conta de ajustes no Sistema de Integração Agropecuária (SIAPEC 3.0), e será realizada até nove de junho de 2023.

Durante o período, o produtor poderá fazer a aquisição e aplicação da vacina, e deverá declarar à Adepará que vacinou o rebanho até o dia 23 de junho, em qualquer unidade ou escritório da agência existente em diversos municípios do estado.

“A vacinação realizada em maio pela Agência de Defesa é a maior das etapas que ocorrem no estado por abranger quase a totalidade dos municípios paraenses, com exceção das regiões que possuem etapas específicas como a Ilha do Marajó e os municípios de Faro e Terra Santa, no oeste do estado”, explicou a Adepará

Este ano, o estado ainda realizará as cinco etapas da campanha, mas, a partir de 2024, o Pará poderá suspender a vacinação da febre aftosa em todo o território paraense, acompanhando outros estados da federação que já não têm mais a obrigatoriedade de imunizar o rebanho, alcançando o status de zona livre da febre aftosa sem vacinação.

Fonte: G1 Pará