Tá na Ita, tá legal!

Soldado da PM é morto após ser baleado em Cametá; suspeitos foram mortos em confronto

Edileno Américo Viana, de 36 anos, era lotado no 32º BPM (Foto: Reprodução)

Dois homens foram mortos em confronto com a polícia por suspeita de envolvimento no ataque que tirou a vida do soldado da Polícia Militar, Edileno Américo Viana, de 36 anos, na tarde desta terça-feira (20), em Cametá, nordeste do Pará. O agente de segurança atendia a uma ocorrência de assalto na orla da cidade, quando foi baleado pelos criminosos, que tentaram fugir em uma embarcação de pequena porte, mas foram alcançados e mortos durante troca de tiros com os policiais do 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Uma terceira pessoa envolvida, uma mulher, que também estava na “rabeta”, foi apresentada à Delegacia de Polícia do município, que investiga o caso.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Cametá, os acusados foram identificados como Erasmo Rodrigues Ribeiro e Reginaldo Santos Soares e tinham passagem por roubo, mas os nomes ainda não foram confirmados pela polícia. Eles e a mulher, que ainda não teve a identidade divulgada, chegaram à orla de Cametá em uma embarcação, teriam assaltado uma idosa e voltado aos rios com destino a áreas ribeirinhas.

O policial era lotado no 32º BPM. De acordo com informações do batalhão, o agente atendia a uma ocorrência de roubo na orla da cidade, quando foi atacado a tiros. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no Hospital Regional de Cametá.

A Polícia Militar do Estado do Pará emitiu nota de pesar, onde se solidariza com os familiares e amigos do soldado. “É com extremo pesar que o Comando da Polícia Militar do Estado do Pará informa que o SD PM Edileno Américo Viana, 36 anos, lotado no 32º BPM, sediado em Cametá, faleceu nesta terça-feira (20). A PM se solidariza com familiares e amigos neste momento de dor e reflexão”, diz o comunicado.

Fonte: O Liberal