Tá na Ita, tá legal!

Sem inspiração, Seleção vence o Peru em Lima

 

Depois da goleada contra a Bolívia, a Seleção Brasileira de Fernando Diniz teve uma noite difícil nesta terça-feira (12), em Lima, mas venceu o Peru por 1 a 0 pela segunda rodada das Eliminatórias.

 

O gol do Brasil da vitória veio da cabeça do zagueiro Marquinhos, aos 44 minutos do segundo tempo, desviando escanteio batido por Neymar.

 

Com a vitória, a Seleção Brasileira termina a Data Fifa na liderança das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026, com seis pontos e 100% de aproveitamento. O Brasil supera a rival Argentina no saldo de gols.

 

Afobação e erros técnicos

Afobada, a Seleção não conseguiu desenvolver o jogo proposto pelo treinador e tomou diversas decisões erradas diante da torcida peruana que lotou o Estádio Nacional de Lima.

 

Destaque na estreia, com dois gols marcados e recorde quebrado, Neymar teve uma atuação pouco inspirada, errando muitos passes. Ele chegou a ter uma chance clara na primeira etapa, mas parou em grande defesa do goleiro Gallese.

 

No entanto, foi de Neymar a assistência decisiva para a vitória do Brasil, batendo escanteio para Marquinhos — ambos jogaram juntos por muito tempo pelo PSG, da França, além da Seleção.

 

O Brasil chegou a marcar dois gols no primeiro tempo, com Raphinha e Richarlison, mas ambos foram anulados por impedimento — no segundo, o VAR demorou sete minutos para chegar a uma decisão.

 

Próximos jogos

 

O Brasil volta a campo em 12 de outubro, contra a Venezuela, na Arena Pantanal, em Cuiabá, às 21h30 (de Brasília), pela terceira rodada das Eliminatórias. Fernando Diniz vai fazer a convocação até o fim de setembro.

 

Depois, a Seleção encara o Uruguai de Marcelo Bielsa, em Montevidéu, em 17 de outubro, às 21h.

 

Fonte: CNN

Imagem: Divulgação/CBF