Tá na Ita, tá legal!

Segup coordena Operação Enem 2022 com mais de 4 mil agentes envolvidos em todo estado

Foto: Agência Pará

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), em conjunto com o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), coordena as ações para a realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio em 2022 em todo o estado. Mais de 4 mil agentes de segurança pública já estão mobilizados para colaborar com a logística na segurança da distribuição das provas, nas duas fases do certame nacional, que ocorrerá nos dias 13 e 20 de novembro. No Pará, cerca de 200 mil estudantes realizarão a prova.

As ações envolvem, de forma conjunta, representantes de várias instituições, a exemplo dos Correios, Exército, Polícias Civil e Militar, Grupamento Aéreo e Fluvial da Segup, Departamento de Trânsito do Estado (Detran), Guardas Municipais, órgão de trânsito municipais, além da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Equatorial (concessionária de energia elétrica) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que realiza o certame.

As ações iniciarão às 6h, nos dias correspondentes aos Exames, com a escolta das provas realizada pela Polícia Militar, que monitora o deslocamento dos malotes, até os 805 locais de prova, distribuídos em 77 municípios paraenses onde o Enem será aplicado.

CICCs Regionais – Os Centros Integrados de Comando e Controle Regionais (CICCR) serão ativados novamente, como nos anos anteriores, pelas forças de segurança, para monitorar as atividades realizadas e garantir maior segurança nos dias de provas. Treze municípios contarão com os Centros, sendo eles Marabá, Capanema, Castanhal, Soure, Breves, Paragominas, Tucuruí, Redenção, São Félix Xingu, Santarém, Itaituba, Abaetetuba e Altamira. Todas as unidades serão coordenadas pelo Centro Integrado de Comando e Controle da Capital, que irá abranger também toda a Região Metropolitana de Belém (RMB).

 

Foto: Ricardo Amanajás / Ag. Pará

As informações acerca dos transportes das provas, bem como o início e finalização da aplicação do exame serão repassadas ao Centro Integrado de Comando e Controle Nacional, no Distrito Federal (DF), por meio do Sistema Córtex. Os Centros funcionarão nos dois dias das provas.

Videomonitoramento – No dia do exame, a movimentação nos locais de provas contará com o monitoramento eletrônico de quase mil câmeras instaladas em todo o estado, sendo que destas, mais de 300 câmeras somente na RMB. A previsão de término de toda a operação é até as 23h, quando as provas são coletadas e redirecionadas para o local de correção, no estado de São Paulo.

O Exame será aplicado em 77 municípios do Pará. Na capital, a segurança nas escolas do município ficará a cargo da Guarda Municipal de Belém. Nas escolas estaduais e particulares, em Belém e no interior, a segurança será de responsabilidade da Polícia Militar.

Fonte: Agência Pará