Tá na Ita, tá legal!

Santarém: Sespa confirma primeiro caso de varíola dos macacos

Teste positivo de varíola dos macacos  — Foto: Reprodução/EPTV
Teste positivo de varíola dos macacos — Foto: Reprodução/EPTV

A Secretaria de Saúde Pública do Pará (Sespa) confirmou nesta quarta-feira (17) o primeiro caso de varíola dos macacos em Santarém, oeste do Pará. O diagnosticado está em isolamento domiciliar, assim como sua rede de contatos.

Conforme informações divulgadas pela Sespa, um segundo caso foi confirmado em Ananindeua, região metropolitana de Belém.

Segundo a secretaria, o Pará tem quatro casos confirmados de Monkeypox, sendo 2 na capital do estado, 1 em Ananindeua e 1 também em Santarém.

O acompanhamento e monitoramento dos pacientes são feitos pelas secretarias de saúde municipais. A Sespa ressalta que os casos confirmados são importados de outros estados e que não há transmissão local.

A varíola dos macacos é transmitida de uma pessoa para outra por contato próximo com lesões, fluidos corporais, gotículas respiratórias e materiais contaminados, como roupas de cama.

Casos no Pará

 

No estado, ao todo foram 12 casos da doença descartados.

  • Parauapebas – 6 casos
  • Santarém – 2 casos
  • Paragominas – 1 caso
  • Salinópolis – 1 caso
  • São Miguel do Guamá 1 caso e Belém 1.

Casos suspeitos

 

Cerca de 11 casos suspeitos seguem em investigação, notificados por: Parauapebas com 1 caso, Santarém 4, Ananindeua 2, Belém 3 e São Miguel do Guamá 1.

O que é a varíola dos macacos?

 

Varíola dos macacos representa ao menos três riscos de promover estigmas e ameaças, apontam pesquisadores — Foto: GETTY IMAGES
Varíola dos macacos representa ao menos três riscos de promover estigmas e ameaças, apontam pesquisadores — Foto: GETTY IMAGES