Tá na Ita, tá legal!

Santarém: Jovem morta na região do Lago Grande tinha mais de 20 perfurações na face, diz polícia; suspeito é procurado

Davi Pontes Quintino fugiu nas matas da região do Lago Grande — Foto: Redes Sociais
Davi Pontes Quintino fugiu nas matas da região do Lago Grande — Foto: Redes Sociais

A Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) continua investigando a morte de uma jovem na região do Lago Grande, em Santarém, no oeste do Pará. De acordo com a Polícia Civil, Emilly Viana Mota de 18 anos, tinha mais de 20 perfurações na face.

A suspeita é de que a jovem tenha sido atingida por pauladas e pelo menos dois tipos de arma branca, indicando a participação de mais de uma pessoa no crime. A vítima também foi ferida no coração, pulmão e intestino, provocando inclusive o vazamento das fezes.

Ainda segundo a polícia, seis pessoas foram ouvidas, sendo as últimos que tiveram contato com a vítima antes do crime. O ex-namorado da jovem, Francenilton Pontes Quintino (Natan) foi preso e um adolescente foi apreendido e apresentado ao Ministério Público.

O irmão do ex-namorado de Emilly, identificado como Davi Pontes Quintino continua foragido. Segundo a polícia, ele fugiu para a área de mata da comunidade e ainda não foi encontrado. A Polícia Civil representou pela prisão preventiva de Davi, que é suspeito de participar do crime.

O delegado que preside o inquérito, Gustavo Ceccagno, disse que ainda não se sabe a motivação do crime. As investigações correm em sigilo, mas se sabe que o término do relacionamento entre a vítima e o ex-namorado, não era aceito muito bem por Natan.

“Houve um término de relacionamento que não foi bem aceito pelo suspeito, inclusive esse suspeito teria ateado fogo na residência dela e agredido a vítima, além de ter feito diversas ameaças de morte e tem toda uma situação que se deu, que começou lá na festa da padroeira e todos os envolvidos estavam nesta festa e daí transcorreu a continuidade da situação”, contou o delegado.

O crime

 

Emilly Vitória Viana Mota tinha 18 anos e foi encontrada morta na segunda (12) — Foto: Redes Sociais
Emilly Vitória Viana Mota tinha 18 anos e foi encontrada morta na segunda (12) — Foto: Redes Sociais

Uma jovem foi encontrada morta nesta segunda (12) em uma estrada que liga as comunidades Vila Socorro e Itacumini, região do Lago Grande, em Santarém, no oeste do Pará.

De acordo com informações de comunitários, a jovem foi identificada como Emilly Vitória Viana Mota e a suspeita é que o ex-namorado tenha envolvimento com o crime.

Os suspeitos que teriam participado do crime culparam o irmão do ex-namorado da vítima. Segundo eles, o jovem que se embrenhou nas matas estava tendo um caso com a ex-namorada do irmão dele.

Fonte: G1