Tá na Ita, tá legal!

Rede Pública tem aumento de matrículas no ensino médio e queda no infantil segundo Censo Escolar 2021

As escolas públicas do Brasil tiveram estabilidade no número de matrículas entre 2020 e 2021: Neste ano, houve 36.401.378 matrículas na educação básica pública, que vai da creche ao ensino médio, incluindo a educação de jovens e adultos. O número representa um aumento de 0,15% em relação ao ano passado.

 

Os dados são do Censo Escolar da Educação Básica 2021 divulgados nesta terça-feira (21) no “Diário Oficial da União” pelo Ministério da Educação. O total de matrículas é importante para a distribuição de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e para a execução de programas na área da educação.

 

Destaques do levantamento

Queda de 101.893 alunos na educação infantil (-1,59%) , que compreende creche e pré-escola;

Queda de 43.754 alunos da educação de jovens e adultos (EJA) dos ensinos fundamental e médio (-1,8%);

Aumento de 189.706 alunos no ensino médio (3%);

Leve aumento de 11.712 alunos no ensino fundamental (0,06%);

Troca do ensino parcial pelo integral. Enquanto mais de 438 mil alunos deixaram o ensino parcial, mais de 530 mil ingressaram no integral.