Tá na Ita, tá legal!

PRF prende dois irmãos com caminhonetes roubadas; acusados afirmam ter comprarado em revendas de Itaituba

A apreensão ocorreu no último domingo (06), onde foram apreendidas duas caminhonetes L200 Triton: uma com registro de furto/roubo a seis anos na cidade de Peixoto de Azevedo (MT) , outra roubada a cinco anos na cidade de Xinguara no Pará.

Os dois veículos foram recuperados na cidade de Itaituba, no Pará.

Primeiro veiculo – Segundo a PRF, a equipe fazia uma fiscalização de rotina, no quilômetro 1.139 da BR-230, quando abordou o veículo, que seguia sentido Jacareacanga, no sudoeste do Estado. Após a abordagem, foi constatada a presença de adulteração nos sinais identificadores do veículo. Ao aprofundar a análise, a equipe identificou uma ocorrência de furto e roubo registrada no dia 16 de agosto de 2016, na cidade de Peixoto Azevedo.

Segundo Veiculo – Em seguida, o condutor do veículo solicitou o auxílio de outros membros de sua família durante a abordagem, que chegaram em outro veículo modelo L-200 Triton. A equipe realizou a análise do veículo que estava em posse dos familiares e constatou que também se tratava de uma caminhonete adulterada. Na ocasião, foi identificada uma ocorrência de furto e roubo registrada no dia 8 de janeiro de 2017, no município de Xinguara (PA).

Caminhonetes apreendidas (Foto/PRF)

Foi dada voz de prisão aos dois irmãos (não tiveram nomes divulgados), que foram encaminhados à Polícia Civil de Itaituba (PA), para a realização dos procedimentos cabíveis, em tese, pelo crime de receptação dos dois veículos de posse dos mesmos  (irmãos) membros da família. Se condenados, a pena pode chegar a quatro anos de reclusão, além do pagamento de multa.

Versão dos irmãos

Dois irmãos que tiveram os veículos apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) por suspeita de adulteração de chassi e furto, durante uma fiscalização no Km 7 da BR-230, no trecho urbano de Itaituba, na tarde do último domingo (6), revelaram a amigos que adquiram suas caminhonetes em empresas revendedoras de automóveis em Itaituba, e que não sabiam da situação irregular dos veículos.

 

Fonte: ITA FM, com informações da PRF