Tá na Ita, tá legal!

Possível estupro coletivo contra criança é investigado pela Polícia Civil de Santarém

Foto: Imagem Ilustrativa

A Polícia Civil investiga o possível estupro coletivo ocorrido contra uma criança de 11 anos, na Vila de Curuaí, região do Lago Grande, em Santarém. Segundo informações iniciais, um menor e mais dois homens estariam envolvidos no crime.

A criança alegou à polícia que teve um encontro com um adolescente, em um campo. Posteriormente, foi à residência de um amigo do menor, a qual estava acompanhada. No local, teria sido dopada e violentada sexualmente pelo adolescente e mais dois homens.

Um dos supostos envolvidos identificado como Miquéias Sousa de Farias foi levado para a delegacia. À nossa reportagem, o advogado do suspeito informou que não houve crime e que o seu cliente apenas quis ajudar a menina.

Suspeito, Miquéias Sousa de Farias, foi liberado após ser ouvido na delegacia

“Ele só estava querendo ajudar, nessa questão da menina que estava a noite perambulando pelas ruas da vila de Curuaí, acabou indo dormir na casa dele, mas não aconteceu nada. Não houve nenhuma situação de estupro, nem nada, não tem marca de violência. Infelizmente, como ele é maior de idade se presumiu que ele tinha cometido algum delito, mantido relação sexual com ela”, afirmou.

A vítima foi encaminhada para escuta especializada na Delegacia de Atendimento à Criança e Adolescente (Deaca), e deve passar por exame de corpo de delito.

O suspeito foi liberado na manhã de sexta-feira (16), após prestar esclarecimentos na 16ª Seccional de Polícia Civil.

 

Fonte: O Impacto