Tá na Ita, tá legal!

Polícia Civil ganha equipamentos e novo projeto de Lei de Integralidade

Na véspera do aniversário de 146 anos da Polícia Civil do Pará, data celebrada quinta-feira (21), o governador Helder Barbalho entregou novos equipamentos, empossou servidores e anunciou benefícios para a categoria, em evento, na Delegacia Geral, em Belém. O ato contou com a participação de servidores e representantes de órgãos estaduais e lideres sindicais.

Foto: Alex Ribeiro / Ag. Pará

Com um investimento na ordem de R$ 4 milhões, o Governo do Estado entregou aos policiais civis 1.100 unidades de pistolas 9mm, mil unidades de coletes balísticos e 90 notebooks. Equipamentos que vão proporcionar mais qualidade, segurança e eficiência na atividade policial em todo o Estado. Além dos novos equipamentos, também foi entregue uma lancha voadeira que será utilizada pelas equipes da Delegacia de Polícia Fluvial (DPFLU).

Foto: Alex Ribeiro / Ag. Pará

A nova embarcação possui capacidade para comportar oito pessoas e tem modernos equipamentos de segurança e localização. Entre os anos de 2019 e 2021, o Governo do Estado já investiu cerca de R$ 46,2 milhões na aquisição de equipamentos e obras em delegacias e unidades policiais.

Durante a entrega, o Governador Helder Barbalho falou sobre os investimentos que estão sendo feitos em todos os órgãos que compõem a segurança pública do Pará. “Nós estamos cada vez mais dando estrutura aos órgãos de segurança pública para que possam, com inteligência com capacidade humana, agir para enfrentar a criminalidade. Ampliar a estrutura de armamentos e investir em tecnologia faz com que a Polícia Civil, somada aos demais órgãos de segurança pública, possam garantir com o que o Pará continue reduzindo a criminalidade, combatendo crimes e garantindo paz para a nossa população”, destacou Helder Barbalho.

BENEFÍCIOS 

Foto: Alex Ribeiro / Ag. ParáDurante o ato, o Governador Helder Barbalho assinou o Projeto de Lei da Integralidade e Paridade, que garante aos Policiais Civis do Estado do Pará a aposentadoria com proventos integrais do cargo que ocupam antes da inatividade, garantindo que os valores recebidos a título de aposentadoria sejam corrigidos no mesmo patamar dos reajustes salariais conferidos aos policiais civis da ativa. A medida coloca a Polícia Civil do Pará nas mesmas condições que outras forças de Segurança Pública, no tocante à reforma previdenciária ocorrida por meio da Emenda Constitucional nº 103/2019. O projeto será encaminhado para a Assembleia Legislativa do Pará (Alepa).

Delegado-geral da Polícia Civil, Walter ResendeFoto: Alex Ribeiro / Ag. ParáPara

O delegado-geral da Polícia Civil, Walter Resende, estas são medidas que valorizam o servidor. “A integralidade e paridade é uma reivindicação antiga da categoria. Além disso, a instituição está sendo aparelhada com novos armamentos, coletes e outros equipamentos e reforçada com novos servidores. Estes são benefícios que a Polícia Civil hoje recebe e que vão ser revertidos em nossas ações, em prol da sociedade paraense.” pontuou.

NOVOS SERVIDORES 

O evento também marcou a posse de dez novos servidores que, a partir de hoje, vão reforçar o quadro efetivo da Polícia Civil. Foram empossados dois delegados, três escrivães e cinco investigadores, nomeados em 08/04/2022.

Foto: Alex Ribeiro / Ag. Pará

Rosivaldo Batista tomou posse como delegado. Para ele, foi um dia marcante. “É uma emoção muito grande para mim. Depois de muita batalha nós estamos aqui para fazer parte da Polícia Civil do Pará. Estou muito orgulhoso de fazer parte da instituição.” afirmou o novo policial.

O secretário de Segurança Pública do Estado, Ualame Machado, também destacou a importância das ações do Governo na área. “Este momento é importante, pois marca o compromisso do Governo do Estado na segurança pública, não só pela aquisição de equipamentos e investimentos em materiais, mas também pela valorização do material humano, com a posse de novos policiais civis remanescentes do concurso anterior, garantindo legalmente direitos aos policiais civis, dando ênfase no maior bem que temos, que são os nossos servidores.”

Além dos dez servidores que tomaram posse nesta quarta-feira, o Governo segue trabalhando na formação de 1088 novos policiais civis, entre delegados, escrivães, investigadores e papiloscopistas, através do curso de formação na Academia da Polícia Civil (Acadepol). A expectativa é que, até o final do mês de junho, eles possam fazer parte do efetivo policial, reforçando a segurança pública em todo o Estado.

Fonte: Agência Pará