Tá na Ita, tá legal!

Paraenses devem ficar atentos para falsas intimações de pagamento de dívidas

Essas intimações de protestos são enviadas por fraudadores que se passam por Cartórios Nacionais, utilizando o nome Serviço Notarial de Títulos e Protesto, e nem se quer a nomenclatura existe.

Mesmo o documento apresentando os dados pessoais verdadeiros dos usuários e possuir o brasão da República, o documento apresenta informações falsas de leis e selos e de supostas dívidas das pessoas estão sendo notificadas.

A Associação dos notários e Registradores do Estado do Pará (Anoreg/Pa) alerta que esse golpe já prejudicou milhares de pessoas, que pagaram as supostas dividas para um cartório que não existe.

A intimação falsa, além de conter o Brasão da República, também apresentam DDD de contato de Brasília, uma referência a uma lei de minas Gerais e um selo de autenticidade do Estado de Goiás.

Para evitar cair nesse tipo de golpe, seja pela internet ou por correspondência postal, é sempre indicado que haja a verificação da suposta notificação, telefonando para o Cartório de Protesto ou acessando o site oficial para consultar, de forma gratuita, pelo número do CPF ou CNPJ.

Também é necessário ficar atento ao prazo do protesto, estipulado pelos golpistas que geralmente é cobrado imediatamente. Por lei os devedores têm até três dias úteis para pagar o valor devido, após a intimação do Cartório. Dentro deste prazo. Eles podem entrar em contato com a pessoa ou empresa a quem supostamente esteja devendo, além do próprio Cartório. Caso a cobrança seja indevida, é impossível entrar com pedido de sustação judicial do protesto.

Fonte: A Província do Pará