Tá na Ita, tá legal!

Paraense escapa da pena de morte na Indonésia; veja!

Imagem ilustrativa da notícia Paraense escapa da pena de morte na Indonésia; veja!
Além da sentença, foi determinado o pagamento de uma multa no valor de 1 bilhão de rúpias indonésias (cerca de R$ 330 mil) | Reprodução

Ajustiça condenou a 11 anos de prisão a paraense Manuela Vitória de Araújo Farias, de 19 anos, por tentar entrar na Indonésia com mais de três quilos e meio de cocaína no último mês de janeiro desse ano, mesmo período em que está presa.

Foi estipulado ainda o pagamento de uma multa no valor de 1 bilhão de rúpias indonésias (cerca de R$ 330 mil). Caso a multa não seja paga, será convertida em mais um ano de prisão.

A sentença foi proferida nesta quinta-feira (08) pelo tribunal da ilha indonésia de Bali, que entendeu frente às provas apresentadas que Manuela teve culpa por violar as leis do país, mas que a pena aplicada poderia ser branda, como foi o caso.

A partir da decisão, a paraense se vê livre da prisão perpétua e da pena de morte no país.

RELEMBRE O CASO

Moradora do bairro do Guamá, em Belém, Manuela Farias viajou para morar com a mãe em Florianópolis, capital de Santa Catarina.

De lá, segundo o advogado, criminosos a utilizaram como “mula do tráfico” para enviar drogas à Indonésia em uma mala. A defesa sustenta que a organização criminosa prometeu uma viagem para que ela tirasse férias e fizesse aulas de surf, o que não ocorreu.

Fonte: Dol