Tá na Ita, tá legal!

Pará reduz focos de queimadas em 83% em relação à média histórica em dezembro


O Pará reduziu em 83% a ocorrência de focos de queimadas no último mês de dezembro, em comparação com a média histórica do período. Em relação ao mesmo período de 2020, a queda nas ocorrências de incêndios foi de mais de 70%.

Segundo o Boletim de Monitoramento de Queimadas e Incêndios Florestais divulgado nesta terça-feira (04) pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (Semas), foram registrados 650 focos de queimadas no estado, contra uma média histórica de 3.885 ocorrências no período.

De acordo com o banco de dados da Semas e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o número de focos de queimadas de dezembro de 2021 corresponde a uma redução em mais de 70% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando houve registro de 2.184 focos no estado.

As posses ou propriedades que apresentam queima ilegal são identificadas pelo Centro Integrado de Monitoramento Ambiental (Cimam) da Semas, que fornece as localizações, por monitoramento remoto, de imagens de satélite. A partir desta identificação, os responsáveis são autuados pela Semas. O ato de provocar queimadas em florestas é enquadrado como crime ambiental, que pode ser punido com multas a partir de R$ 5 mil por hectare.

 

Fonte: Agência Pará