Tá na Ita, tá legal!

Pará confirma 1ª morte de paciente com Monkeypox em Belém

Pará confirma primeira morte de paciente com Monkeypox — Foto: SCIENCE PHOTO LIBRARY/BBC
Pará confirma primeira morte de paciente com Monkeypox — Foto: SCIENCE PHOTO LIBRARY/BBC

Foi confirmada a primeira morte de pessoa com Monkeypox em Belém, no Pará.

O paciente é um homem que evoluiu a óbito em Belém na terça-feira (3), após apresentar piora no quadro de saúde, com desconforto respiratório.

Ele deu entrada com suspeitas da doença no dia 26 de dezembro no Hospital Pronto Socorro Municipal Mário Pinotti, na tv. 14 de Março. Em seguida, foi diagnosticado também com comorbidades.

A confirmação da doença ocorreu na quarta-feira (4), pelo Laboratório Central do Estado do Pará (Lacen).

A Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) informou que foi notificada na quarta-feira (4) sobre o óbito.

Um documento do Centro de Informações Estratégidas em Vigilância em Saúde (CIEVS), da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) de Belém, aponta que a Monkeypox não se manifesta grave ou leva a óbito em mais de 90% dos casos registrados mundialmente.

No entanto, segundo o relatório, o paciente era portador de comorbidades, como o HIV e sífilis, o que pode ter motivado a infecção pela doença de forma mais agressiva.

A orientação para pacientes procurem unidades de referência de saúde ao apresentarem sinais e sintomas, como pequenas lesões em partes do corpo, acompanhado de febre, dor muscular, dor de garganta, fraqueza e ínguas pelo corpo.

Fonte: G1