Tá na Ita, tá legal!

Pará apresenta o melhor mês de dezembro da linha histórica com a redução de crimes violentos

 

Somente na Região Metropolitana houve a preservação de mais de 1.000 vidas, de acordo com a Segup.
Somente na Região Metropolitana houve a preservação de mais de 1.000 vidas, de acordo com a Segup. Foto: Alex Ribeiro / Ag. Pará

O Pará conclui o último mês de 2022, dos últimos quatro anos, vivenciando outra realidade na segurança pública: a redução significativa da criminalidade em todo o Estado. O mês de dezembro de 2022 é considerado o melhor mês da linha histórica, alçando redução de 9,45% nos crimes violentos letais intencionais (CVLI), que englobam homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), por meio da Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac), no último domingo (01).

Em números absolutos, em dezembro de 2021, foram computados 201 casos de CVLI, enquanto que no mesmo período de 2022, foram 182 registros. Os números correspondem ao período de 1º a 31 de dezembro, quando comparados com o mesmo período do ano de 2021, representando assim, o melhor mês de dezembro, na linha histórica desde 2010, demonstrando também a redução contínua nos últimos quatro anos.

“Acabamos de fechar os dados do último mês do ano de 2022 tendo o melhor mês de dezembro desde 2010, apresentando redução de mais de 9% nos Crimes Letais Intencionais o que demonstra que continuamos no caminho correto. Os números em redução indicam que estamos caminhando, porém, temos a consciência de que muito se precisa e que podemos fazer ainda mais”, afirmou Ualame Machado, titular da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará.

 

Foto: Rodrigo Pinheiro / Ag.Pará

Região Metropolitana de Belém – Os resultados positivos também foram registrados na redução de homicídios ocorridos na Região Metropolitana de Belém. No acumulado dos 12 meses de 2022, em comparação ao ano de 2018, último ano antes da gestão iniciada em 2019, registrando o indicador de 74,37% apontando, assim, preservação de 1.036 vidas, quando foram computados 357 e 1.393 casos, respectivamente.

Os números que compreendem o período de 1° de janeiro a 31 de dezembro alcançam redução contínua nessa modalidade criminal na RMB, ao analisar os dados computados também em 2021, 2020 e 2019, que registraram, 407, 431 e 656 casos, respectivamente.

Foto: Rodrigo Pinheiro / Ag.Pará

“A redução mostra que nosso trabalho foi coroado com essa diminuição na criminalidade. Agora, temos novas tecnologias para implantar, como por exemplo, as câmeras corporais, que já estamos em processo de licitação para compra, o que vai ajudar ainda mais no policiamento”, finalizou o comandante da PMPA, coronel Dilson Junior.

“Se formos analisar também o comparativo na redução de homicídios somente na Região Metropolitana fechado este ano, tivemos a preservação de mais de 1.000 vidas, se comparado ao período anterior a nossa gestão, uma realidade totalmente diferente de quando iniciamos em janeiro de 2019. Sabemos que os investimentos, a integração e a inteligência fizeram a diferença para chegarmos nesses números, garantindo a segurança e paz social de todos os paraenses”, concluiu o titular da Segup.