Tá na Ita, tá legal!

Número de mortos por causa de terremoto passa de 5 mil na Turquia e Síria

Reprodução/Twitter @GabrielKustow
Os últimos balanços do governo e da Organização das Nações Unidas (ONU) apontam 3,419 mortos na Turquia e outros 1.612 na Síria, além de 20 mil feridos e milhares de desaparecidos. (Reprodução/Twitter @GabrielKustow)

O número de mortes provocadas pelo maior terremoto em 80 anos na Turquia e na Síria já passa de 5.000. Além disso, milhares de pessoas ainda estão sendo resgatadas, e outras milhares seguem desaparecidas. O terremoto ocorreu na madrugada de segunda-feira (6) no povoado de Kahramanmaras, no sudoeste da Turquia, próximo à fronteira com a Síria, e teve um raio de alcance de 250 quilômetros, sendo fortemente sentido em centenas de municípios e cidades dos dois países. As informações são do G1 Mundo.

Além da Síria e da Turquia, o tremor também foi sentido em Israel, no Iraque, no Chipre e no Líbano, mas não há registro de vítimas ou feridos nesses países. Este é considerado o pior terremoto desde 1939 na região, muito propensa ao fenômeno por ser uma área de encontro de placas tectônicas. Horas depois do tremor principal, outro de magnitude de 7,5 atingiu a mesma região.

Os últimos balanços dos governos e da Organização das Nações Unidas (ONU) apontam 3,419 mortos na Turquia e outros 1.612 na Síria, além de 20 mil feridos e milhares de desaparecidos. O governo turco informou que mais de 45 países já anunciaram que enviarão ajuda humanitária e equipes de busca.

De acordo com o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, a maior preocupação é com áreas da Turquia e da Síria de onde nenhuma informação havia surgido após o terremoto. ” O mapeamento de danos é uma maneira de entender onde precisamos focar nossa atenção”, disse Adhanom.

Fonte: G1