Tá na Ita, tá legal!

Mulher mata marido a facadas após briga de casal no Pará

Foto: Reprodução

Enquanto a pena para o homicídio simples é a reclusão de 6 a 20 anos, a pena para o homicídio qualificado varia entre 12 e 30 anos. A qualificação do crime é posta quando é praticada em circunstâncias que revelem especial censurabilidade ou perversidade.

Um desentendimento entre um casal terminou em tragédia na madrugada de domingo (11), no município de Igarapé-Açu, região do nordeste paraense. Um homem teria sido assassinado pela própria esposa na frente de várias pessoas em um bar onde consumiam bebida alcoólica.

De acordo com a Polícia Militar, era por volta de 1h, quando o casal identificados como, Raimundo e Karina estava em um bar, localizado na Travessa Montenegro, área do bairro São Cristóvão, em Igarapé-Açu, quando houve um discussão entre os dois e Karina se armou com uma faca e esfaqueou fatalmente Raimundo.

O homem foi socorrido por populares que estavam no local, mas ele morreu logo após dar entrada em uma Unidade de Saúde de Igarapé-Açu. A acusada foi presa ao tentar visitar o marido no hospital. No local, ela chegou a ser informada que a vítima havia morrido e entrou em desespero.

Após receber voz de prisão, Karina foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil de Igarapé-Açu, onde foi autuada em flagrante pelo crime de homicídio contra o próprio companheiro. A motivação da briga do casal que resultou em morte da vítima ainda está sendo apurada pela polícia.

Fonte: DOL