Tá na Ita, tá legal!

Mulher leva socos de advogado em estacionamento após discussão por causa de cachorro

O advogado tomou o celular das mãos da vítima e a agrediu. (Reprodução / Vídeo)

Um advogado foi detido por agredir uma advogada com socos e derrubá-la em um estacionamento no Sudoeste, área nobre do Distrito Federal, na tarde de segunda-feira (20/3). O ataque ocorreu depois de uma discussão sobre cães.

A vítima, Giselle Piza, 39 anos, disse que seu agressor, Cledmylson Ferreira, estava com o cachorro solto. Dona de um shih-tzu, ela alertou o homem sobre o risco de acontecer um ataque, já que o pet dele, um cotton tullear, é bem maior e estava sem focinheira. Em seguida, a mulher chamou a polícia.

Veja imagens da agressão:

Cledmylson tentou fugir, e Giselle pegou o celular para fotografar a placa do carro dele. Ao ver que a mulher estava gravando, o homem tomou o celular das mãos de Giselle e a agrediu.

“Fiquei em estado de choque. Eu cheguei a alertá-lo que o cachorro dele tinha que estar com guia e com focinheira. Jamais imaginei que isso acabaria assim, com tanta violência”, disse Giselle.

Testemunhas filmaram o momento da agressão. Giselle levou dois socos no rosto, foi puxada pelos cabelos e derrubada no chão. Ela chegou a entrar no carro do advogado para impedir que ele fugisse do local.

O advogado da vítima, Daniel Kaefer, diz que sua cliente está abalada psicologicamente. “É um caso de violência contra a mulher. Ela ficou com escoriações pelo corpo, couro cabeludo ferido e está sofrendo de dor de cabeça, pela força que foi agarrada pelos cabelos. Além disso, estamos preocupados com a segurança dela”, disse.

Fonte: Metrópoles