Tá na Ita, tá legal!

Motorista é preso por matar mulher e deixar motociclista ferido em Marabá

A mulher que estava na garupa da motocicleta morreu na hora após o impacto. (Reprodução / Correio de Carajás)

João Vitor Araujo da Silva foi preso, na madrugada desta segunda-feira (17), por provocar um sinistro de trânsito que resultou na morte de uma pessoa na rodovia BR-230, conhecida como Transamazônica, em Marabá, município no sudeste do Pará. Ele supostamente estaria dirigindo alcoolizado. Com informações do Correio de Carajás.

A princípio, um casal estaria parado em uma motocicleta na rodovia federal quando João teria colidido contra eles, por volta das 2h, no sinal em frente de um shopping, à altura da Folha 32, no Núcleo Nova Marabá. A mulher, que não teve o nome revelado, morreu na hora. O corpo dela foi removido para perícia pela Polícia Científica.

O motorista da motocicleta, identificado como Joattan Ferreira Batista Junior, foi encaminhado ao Hospital Municipal de Marabá (HMM). O estado de saúde dele atualizado não foi comunicado.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada para atender a ocorrência e, através dos vestígios do local, presumiu que João Vitor teria batido na traseira da moto. Diante disso, o motorista foi convidado pelos agentes a realizar o teste do bafômetro e teve a alcoolemia constatada.

João Vitor foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio culposo no trânsito, mas em audiência de custódia a justiça concedeu liberdade provisória sob recolhimento de fiança em R$ 5 mil. Ele responderá em liberdade, já que não há antecedentes criminais.

Fonte: O Liberal