Tá na Ita, tá legal!

Mais de meio quilo de droga é encontrada dentro de bomba d’água no interior do Pará

A Polícia Militar prendeu um homem e uma mulher suspeitos de tráfico de drogas e retirou 600 gramas de entorpecentes de circulação em Muaná, no Marajó, causando um prejuízo calculado em R$ 32 mil para os traficantes. Parte da droga estava escondida dentro de uma bomba d’água que precisou ser aberta com uso de ferramentas.

O acusado de tráfico de drogas é Leonardo Ribeiro da Silva, conhecido como Chavinho. Ele foi encontrado depois que a polícia recebeu denúncia de que ele estaria vendendo drogas na Ponte da Ita.

Ao chegar no local, os militares fizeram abordagem em Chavinho e encontraram 21 porções de oxi em sua posse. No interrogatório, o suspeito teria confirmado que estava traficando e levou os policiais até a sua casa, onde foi encontrada uma pedra de oxi pesando 25 gramas e uma porção de maconha pesando 82 gramas. Ao todo, Chavinho possuía 109 gramas de entorpecentes e parte disso estava escondida dentro de uma bomba d’água.

O acusado também levou a PM até uma casa no Buraco Escuro onde foram localizadas outras 20 pedras de oxi, pesando 492 gramas, em posse da segunda acusada, Osvaldina de Nazaré de Carvalho Teixeira, conhecida como Valsinha.

Valsinha teria dito aos policiais havia recebido a droga de outra mulher identificada como Raíssa, uma condenada que estaria em liberdade provisória e que não estava em Muaná.

Mesmo afirmando que guardou a bolsa sem saber o que continha dentro, Valsinha foi encaminhada à delegacia de Polícia Civil de Muaná junto com Chavinho e com toda a droga.

 

Com informações do notícia Marajó