Tá na Ita, tá legal!

Mais de 250 peixes ornamentais transportados sem documentação são apreendidos no Pará

Foto: Reprodução

Uma carga viva com 252 peixes ornamentais de cinco espécies, transportados irregularmente, foi apreendida durante fiscalização realizada pela Base Integrada Fluvial “Antônio Lemos”, na Ilha do Marajó. A ação aconteceu na última sexta-feira, 23.

A carga era transportada pela embarcação “Iluminado”, que partiu de Monte Dourado, distrito de Almeirim, no Oeste do Pará, com destino à capital paraense, sem documentação para transporte de espécies de fauna ou nota fiscal que comprovasse a origem. Os peixes estavam escondidos em caixas de papelão. O responsável foi encaminhado à Base Fluvial para os procedimentos cabíveis.

Foto: Reprodução

De acordo com a Polícia Civil, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) foi acionada para aplicar as normas ambientais de sua competência, incluindo a destinação da carga. Segundo a equipe da Base Integrada, um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi instaurado contra o responsável e expedido um Termo de Soltura.

Para o diretor do Grupamento Fluvial de Segurança Pública (GFlu), vinculado à Segup, delegado Arthur Braga, mais uma vez órgãos de Segurança Pública coibiram a prática criminosa no Estado. “A apreensão foi fruto da intensificação das fiscalizações nesse período de final de ano de forma integrada na Base de Antônio Lemos, onde as fiscalizações têm um poder muito grande de inibir delitos. Nesse caso, a apreensão foi bastante exitosa pelas equipes da Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros que se fazem presentes na base fluvial”, informou o diretor.

Fonte: Roma News