Tá na Ita, tá legal!

Mãe segurava e tapava boca da filha para padrasto estuprá-la

Estupro de vulnerável: mãe e padrasto foram presos por crime contra uma adolescente de 13 anos:
 Estupro de vulnerável: mãe e padrasto foram presos por crime contra uma adolescente de 13 anos: | Reprodução

 

O estupro de vulnerável é a conjunção carnal ou qualquer ato libidinoso com menores de 14 anos, com ou sem consentimento; pessoas que, por enfermidade ou deficiência mental, não possuem o discernimento necessário para a prática do ato, bem como, por qualquer outra razão que não possa oferecer resistência.

Uma mulher de 31 anos foi presa pela Polícia Civil de Capelinha, na região do Jequitinhonha (MG). Ela é acusada de participar dos estupros da própria filha, uma adolescente de 13 anos. O crime era cometido pelo padrasto da vítima, um idoso de 66 anos.

Segundo a polícia, a mãe de 31 anos, segurava e tapava a boca da filha para que o companheiro fizesse sexo anal com a vítima. As investigações sobre o caso iniciaram em maio deste ano.

Ainda de acordo com a polícia, a adolescente começou a ser estuprada em abril, sendo que a mãe participava ativamente do crime, além de ter forçado a filha a assistir ao casal fazendo sexo.

As detenções pelo crime de estupro de vulnerável, com mandados de prisão preventiva, foram feitas última sexta-feira (19), durante a Operação Anjo da Guarda. A ação visava reprimir este tipo de crime que, segundo a corporação, são “muito recorrentes” na região.

O casal foi encaminhado para sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Com informações de O Tempo