Tá na Ita, tá legal!

Jovem de 21 anos é preso suspeito de violentar as irmãs de 7 e 8 anos em Rurópolis.

 

Uma pessoa não identificada foi quem procurou o Conselho Tutelar e fez a denúncia. Segundo os relatos, sempre que as crianças ficavam sozinhas em casa na companhia do suspeito, os abusos eram praticados. Sem saber a quem recorrer, as meninas pediram socorro e o caso foi denunciado à polícia.

Com base nas informações repassadas pelo Conselho Tutelar de Rurópolis, a polícia iniciou as investigações, que seguiram sob sigilo até que houvesse indícios de que o crime estaria sendo praticado. Após confirmar as denúncias a polícia solicitou a prisão do suspeito à justiça, e seguiu em diligências até à comunidade na tarde desta segunda-feira (17). Após algumas horas a equipe chegou até o local.

 

Segundo o que foi apurado pela polícia, o suspeito, que tem 21 anos, não morava mais no imóvel da família. Mas, há poucos meses, retornou e passou a conviver com as crianças. Se aproveitando da confiança de todos, as meninas costumavam ficar sob seus cuidados, e era nesses momentos a sós com as duas, que ele agia.

Cumprindo o mandado de prisão, os agentes vistoriaram o imóvel em busca de armas ou indícios que comprovassem se além dos abusos, ele estaria produzindo imagens pornográficas das vítimas. A polícia informou que nada suspeito foi encontrado no local. Detido, o jovem segue à disposição da justiça e deve responder por estupro de vulnerável, com pena de reclusão de 8 a 15 anos, sem contar os agravantes. De acordo com o delegado responsável pelo Operação, Ariosnaldo Vital Filho, o nome Protetor faz alusão ao estado de proteção da infância e juventude como objetivo maior diante das situações de vulnerabilidade do âmbito doméstico.

 

Fonte: Confirma Notícia