Tá na Ita, tá legal!

Jader anuncia R$ 8,6 milhões em recursos para o Estado

O senador paraense explicou que os recursos para a saúde são fundamentais para as despesas de custeio

 O senador paraense explicou que os recursos para a saúde são fundamentais para as despesas de custeio | (Divulgação)
O senador Jader Barbalho (MDB-PA) anunciou ontem, 5, a liberação de mais R$ 8,6 milhões em emendas parlamentares para mais 25 municípios paraenses, além de R$ 2 milhões para ações a serem executadas pelo Governo do Estado do Pará.

Augusto Corrêa (R$ 1 milhão), Bannach (R$ 500 mil) e Conceição do Araguaia (R$ 500 mil) receberam juntos cerca de 2 milhões na modalidade “transferências especiais”, que são emendas individuais impositivas apresentadas ao projeto de lei orçamentária anual.

O Comando da Aeronáutica também recebeu recursos para a administração do Colégio Tenente Rêgo Barros, em Belém. Os demais municípios receberam recursos para fortalecer a saúde pública local.

“É importante estar sempre fazendo a indicação de emendas para a saúde pública. E vamos continuar nesse propósito, para que a população do Pará tenha cada dia mais qualidade no atendimento”, informou o parlamentar.

Segundo ele, recursos para a saúde são considerados fundamentais para o Pará lidar com despesas de custeio, “bem como para responder aos problemas advindos com o aumento de demanda em razão do aumento de casos de infecções virais, doenças respiratórias e mesmo para novos casos de Covid, que continuam ocorrendo em todo o país”.

VACINAÇÃO

O parlamentar alertou para a importância da vacinação e de se manter o calendário vacinal em dia
 O parlamentar alertou para a importância da vacinação e de se manter o calendário vacinal em dia | (Divulgação)

MANUTENÇÃO

As emendas individuais indicadas pelo senador Jader para a área da saúde foram priorizadas pelos próprios prefeitos ou secretários de saúde dos municípios. As demandas apresentadas são, na maioria, para o custeio, ou seja, pela manutenção do sistema público de saúde nessas cidades contempladas.

As emendas para a saúde são impositivas e o valor liberado pelo governo federal é depositado diretamente na conta das prefeituras.

Fonte: DOL