Tá na Ita, tá legal!

Itaituba: Arrombamentos em residências estão se tornado fatos corriqueiros no município.

A equipe de Reportagem da Tv Eldorado foi acionada por moradores na manhã desta quarta-feira (13) em princípio na 14ª Rua do Bairro de São Tomé por uma mulher de prenome Sara, que não quis mostrar o rosto com medo de represálias dos ladrões que adentram sua residência e realizaram o furto de vários objetos.

A mulher declara que entre os objetos levados no furto, está uma bolsa com documentos pessoais e o dinheiro que seria para a família pagar o aluguel da casa em que residem.

Segundo a vítima, o furto só foi percebido no dia seguinte quando o esposa da mesma foi procurar a bolsa. Ela aproveita para pedir a sensibilidade das pessoas que vierem a encontrar pelo menos seus documentos.

“Eu queria pelo menos meus documentos né, quem vê ou souber, ou achar por aí jogado uma bolsa bege pequena de mão, está meus documentos, está uma carteira dentro, é isso que eu quero. O dinheiro dá pra trabalhar, dá pra conseguir, mas eu quero minha bolsa, principalmente meus documentos”. Declara Sara.

A mulher ainda declara chorosa: “O sentimento é de tristeza, a gente trabalha tanto pra ter as coisas, eu tenho um neném pequeno e um tação de 700 reais, além do aluguel”.

Outra situação foi registrada na 19ª Seccional de Polícia Civil também na manhã desta quarta-feira (13), desta vez que teve sua casa invadida foi o servidor público, Edilson Barroso, segundo a vítima logo que acordou percebeu que seu aparelho celular modelo A20S havia sumido e que alguém teria adentrado em sua residência.

Adilson relata que chegou a ouvir os cães lati muito, mas não deu importância e voltou a dormir, ele só percebeu mesmo que o celular tinha sido subtraído quando o mesmo foi pegar o aparelho e o lugar onde não encontrou onde havia deixado.

O servidor ainda relata que esta não é a primeira vez que sua sofre esse tipo de inconveniente, uma bicicleta também já foi furtada de sua residência em outra ocasião. E que os delitos são frequentes.

“O prejuízo foi alto”. Afirma Edilson Barroso.

O furto foi registrado na delegacia e segue para os procedimentos.

 

Fonte: Ita Fm