Tá na Ita, tá legal!

Horror em Itaituba: Corpo de mulher é encontrado em estado de decomposição no garimpo Cuiú-Cuiú

Corpo da jovem encontrado em estado de decomposição. Foto: Reprodução

Na manhã desta quarta-feira(31), um trágico acontecimento abalou a região garimpeira do Cuiú-Cuiú, localizada no município de Itaituba, sudoeste do estado. O corpo de uma mulher, identificada como Rayelly, foi descoberto em avançado estado de decomposição dentro de um quarto.

Ao tomar conhecimento do caso, a Polícia Militar foi acionada e tomou as medidas necessárias para investigar o crime. A mulher foi encontrada seminua ao lado da cama, evidenciando indícios de violência sexual. O ocorrido já foi comunicado à 19ª Seccional Urbana da Polícia Civil de Itaituba, que dará continuidade às investigações.

A vítima, conhecida como “Neguinha”, pode ter sido vítima de estupro perpetrado pelo assassino.

Raielly Dantas, 25 anos, vítima. Foto: Reprodução

E Na tarde desta quarta-feira, ocorreu a prisão de Mauro Pinto de Lima, de 44 anos de idade, também conhecido como “Mauro PCzeiro”. Ele é acusado de ser o responsável pelo homicídio da jovem Raielly Dantas, de apenas 25 anos, ocorrido no garimpo Cuiú-Cuiú. Mauro foi detido no distrito de Moraes Almeida, quando tentava fugir da região garimpeira.

“Maurão Peczeiro”, acusado. Foto: Reprodução

Entenda:

Segundo relatos, no domingo (28), Mauro, Raielly e algumas amigas estavam consumindo bebidas alcoólicas juntos. Mauro teria demonstrado interesse em manter relações com a vítima, mas ela teria recusado seus avanços e se retirado para seu quarto, acompanhada de suas amigas. Em um momento posterior, as amigas voltaram ao bar e se depararam novamente com Mauro, que indagou sobre o paradeiro de Raielly, conhecida como “Neguinha”. As amigas informaram que ela já estava deitada em seu quarto. Mauro teria ameaçado ir atrás dela e matá-la, porém as garotas não levaram as ameaças a sério.

Preocupados com o desaparecimento de Raielly, amigos e familiares começaram a procurá-la em seu quarto, onde a trágica descoberta foi feita. O corpo estava em estado avançado de decomposição, exalando mau cheiro. Suspeita-se que a vítima possa ter sido violentada ainda em vida ou após sua morte, mas somente a perícia poderá confirmar essa suspeita. A forma como ocorreu o assassinato ainda não foi esclarecida. Vale ressaltar que Raielly estava internada no Hospital Municipal de Itaituba há cerca de 20 dias, após passar por um aborto de uma gestação de cinco meses.

Mauro está sendo transferido para a 19ª Seccional Urbana da Polícia Civil de Itaituba, onde serão realizados os procedimentos legais necessários. Durante o momento em que foi colocado na viatura da Polícia Militar, amigos da jovem  proferiram insultos e clamaram por justiça. O corpo de Raielly será encaminhado para a Polícia Científica em Itaituba e, em virtude de seu avançado estado de decomposição, deverá ser sepultado em breve. Há indícios de que a vítima tenha sido assassinada ainda no domingo (28).

Protesto

A vítima, Raielly, e o acusado, Maurão. Foto: Reprodução

Na madrugada desta quinta-feira (01) familiares  e amigos da vítima, consternados com o brutal assassinato,  organizados em um protesto estiveram na seccional de policia civil em busca de justiça para o caso. O objetivo do protesto foi  chamar a atenção das autoridades e exigir que o responsável pelo crime seja levado à justiça e punido. Veja os vídeos:

Este crime chocante ressalta a importância de combater a violência contra as mulheres e reforça a necessidade de uma resposta rápida e eficaz do sistema de justiça para garantir a segurança e a proteção de todas as pessoas. A sociedade espera que esse caso seja investigado minuciosamente e que as medidas adequadas sejam tomadas para evitar a impunidade.

ITA FM