Tá na Ita, tá legal!

Homem preso por praticar relações sexuais com cadela em Rurópolis-PA

Reginaldo da Silva Bahia foi preso em flagrante pela Policia Militar fazendo sexo com uma cadela

O ato criminoso aconteceu na última quarta-feira (27) a polícia militar foi acionada por populares que uma pessoas estaria mantendo relações sexuais com um animal em um lixão, próximo a Rurópolis Município localizado no Sudoeste do Pará, este ato caracteriza maus tratos e abuso contra animais.

O homem acusado pela Policia que atendeu a ocorrência de praticar este ato criminoso foi identificado como Reginaldo da Silva Bahia segundo as informações ele foi surpreendido pelos Policiais fazendo sexo com uma cadela, Reginaldo foi encaminhado para Delegacia de Policia Civil de Rurópolis e autuado em flagrante delito.

Flagrante delito

É o exato momento em que o agente está cometendo o crime, ou, quando após sua prática, os vestígios encontrados e a presença da pessoa no local do crime dão a certeza deste ser o autor do delito, ou ainda, quando o criminoso é perseguido após a execução do crime. artigo 301 e seguintes do Código de Processo Penal.

Um estudo inédito no mundo, coordenado pelo médico urologista Stênio de Cássio Zequi, alerta para os riscos que os homens à prática de ter relação sexual com animal. 27% dos pacientes com câncer de pênis entrevistados pelo estudo admitiram ter tido uma ou mais relações sexuais com animais ao todo foram ouvidas mais de 50 pessoas.

Relação sexual com animal é crime

Zoofilia é considerada uma forma de abuso animal, o abuso é crime conforme o artigo 32 da Lei 9605/98, a chamada Lei de Crimes Ambientais.

Maus tratos a animais

A Lei 14.064/2020 aumentou a pena para quem maltratar cães e gatos. A partir de agora, quem cometer esse crime será punido com 2 a 5 anos de reclusão, multa e proibição da guarda. Caso o crime resulte na morte do animal, a pena pode ser aumentada em até 1/3.

 

Edição de texto: Ramilso Santos
Foto: Policia Militar
Contato: ramilsojornalista@gmail.com