Tá na Ita, tá legal!

Homem é preso após importunar sexualmente 3 mulheres e 1 adolescente dentro de ônibus, em Santarém

Foto: Reprodução Blog do Pião

Na tarde de quarta (1°), o homem identificado como Wendel André, foi preso após ser denunciado por importunação sexual contra três mulheres e uma adolescente de 14 anos, que estavam dentro de um ônibus, em Santarém.

Algumas das quatro vítimas de bairros distintos, Juá, Santarenzinho e Salvação, pegaram o transporte coletivo na parada de ônibus às proximidades da Unama e durante todo o trajeto até chegarem ao ponto situado próximo à escola Dom Amando, bairro Prainha, o suspeito praticou vários atos libidinosos.

Segundo uma das vítimas, Wendel André, lhe abordou ainda na parada. Lá teria pegado na sua cintura e a chamado de amor. Não contente, já dentro do transporte, pretendia sentar do lado da mulher, momento que ela se levantou e o suspeito foi atrás, encostando-se à vítima.

Já a adolescente de 14 anos que pretendia ir à escola, alegou que Wendel teria passado a mão em suas partes íntimas.  “Ele passou a mão em mim assim na hora, que eu ia sair de perto dele, se não ele ia sentar perto de mim. Na hora que eu levantei, fui sentar lá no banco, ele pegou e passou a mão em mim’, relatou.

“Ele passou por mim e encostou o pênis dele na minha bunda”, contou outra senhora bastante assustada que preferiu não se identificar, assim como as demais vítimas.

O Sargento da PM que atendeu a ocorrência afirmou que o suspeito chegou a encostar as parte íntimas em uma das vítimas.  “Ela vinha em pé no ônibus e ele começou a roçar a parte íntima, o órgão genital dele nas partes traseira de uma senhora, possamos dizer assim. Na outra ele passou a mão. Ele é reincidente, já foi abordado outra vez por nossa guarnição”, disse o PM.

Ainda conforme o militar, o suspeito que reside na rua São Paulo, no bairro Santana, afirma inocência, mas são quatro vítimas que não se conhecem. Uma acabara de sair da faculdade, outra ia para o curso no IFPA e uma pretendia ir ao trabalho, além da adolescente que tinha como destino final a escola.

Na delegacia ao ser questionado pelo repórter policial, Júnior Pião, para se defender das acusações, Wendel, visivelmente embriagado mal conseguia falar. Com voz ‘arrastada’, características de quem consumiu bebida alcoólica, afirmou que jamais faria mal para alguma ‘princesa’.  “Eu não sou safado, eu não sou safado não”, repetiu várias vezes a mesma frase.

O suspeito foi encaminhado para prestar esclarecimentos na Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) e também na Delegacia Especializada de Atendimento a Criança e Adolescente (DEACA), por conta da menor de idade. Por ser reincidente no crime, Wendel André, foi levado para o setor de triagem masculina do Complexo Penitenciário de Santarém, onde está a disposição da Justiça.

Fonte: O Impacto