Tá na Ita, tá legal!

Governo do Pará libera primeira parcela do Prodep para escolas da rede estadual

 

O Governo do Pará realizou a liberação, nesta sexta-feira (1º), da primeira parcela dos recursos do programa “Dinheiro na Escola Paraense” (Prodep) para as contas bancárias das escolas da rede estadual.

 

Neste primeiro momento, 579 escolas estaduais estão aptas a receber os investimentos da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), que totalizam R$ 62.380.641,57, via orçamento do Tesouro estadual.

 

‘’Com o repasse dos valores para as contas aptas das nossas escolas, a comunidade escolar será capaz e terá todas as ferramentas necessárias para transformar as realidades de suas escolas, atendendo, com celeridade, o que cada unidade demanda. O estado do Pará é imenso, nada mais justo que nossas escolas tenham plena capacidade de atuar com protagonismo na solução das pendências e ações do dia a dia. Esse é, sem dúvidas, um dos programas mais importantes da educação paraense. É tempo de transformar o fazer educacional no Pará”, disse o secretário de Estado de Educação, Rossieli Soares.

 

O “Dinheiro na Escola Paraense” é uma iniciativa que potencializa e confere autonomia para o desenvolvimento de ações nas escolas. Com o projeto, a gestão escolar, na figura do(a) diretor(a), e em parceria ativa do Conselho Escolar poderá conduzir, com protagonismo, os investimentos alinhados às necessidades específicas de cada realidade.

 

Com aporte superior total a R$ 200 milhões previstos para 2023, o programa contempla pequenas obras e reconstruções, melhoria de infraestrutura física, pedagógica, manutenção contínua da unidade escolar, sustentabilidade ambiental, garantia de equipamentos pedagógicos e tecnológicos, alimentação escolar, além da climatização das unidades escolares, reunindo condições essenciais para o processo de aprendizagem.

 

Para que as escolas recebam os recursos enviados pela Seduc é imprescindível que o Conselho Escolar esteja formalmente regularizado, com as prestações de contas em dia. Após a regularização do Conselho, o representante deve assinar o termo de adesão. A assinatura deve ser feita obrigatoriamente pelo representante do Conselho, com os dados do representante e da escola. Todas as informações estão disponíveis no site da Seduc: bit.ly/AdesaoProdep

 

Fonte: Agência Pará

Imagem: Reprodução