Tá na Ita, tá legal!

Garimpeiros engravidaram pelo menos 30 meninas Yanomami, diz secretário

Reprodução

Ariel de Castro Alves, Secretário Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, informou que a comitiva do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania recebeu denúncias de que pelo menos 30 meninas e adolescentes Yanomami estão grávidas de garimpeiros. Além disso, também foi relatado a existência de seis crianças acolhidas irregularmente por famílias não Yanomami, com dois processos de adoção irregular em andamento. Para investigar essas alegações de violações de direitos, um grupo da pasta está em Boa Vista reunindo dados. As informações são da Agência Estado.

“Temos denúncias de exploração sexual infantil. Recebemos informações de pelo menos 30 meninas e adolescentes que estariam grávidas de garimpeiros. Temos informações também sobre acolhimentos de crianças Yanomami que seriam irregulares e até processos de adoções ilegais em curso”, disse, em entrevista à Rádio Eldorado.

As denúncias foram feitas pelo Conselho Indígena de Roraima (CIR) e os casos são acompanhados pela Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai). “Pedimos mais informações ao Conselho Indígena de Roraima para podermos ter os nomes das jovens e requisitarmos apurações dos possíveis estupros de vulneráveis para a Polícia Civil de Roraima, para a Polícia Federal e para o MPF (Ministério Público Federal)”.

Fonte: O LIberal