Tá na Ita, tá legal!

Ganhe dinheiro colocando o CPF na nota fiscal. Entenda

Para quem não sabe, CPF na nota foi criado para que governos estaduais possam controlar a cobrança de impostos das empresas, evitando a sonegação e falsificação de notas fiscais.

Se você frequenta o supermercado, mercadinho ou lojas em geral, já deve ter ouvido do operador do caixa a seguinte frase: “CPF na nota?”. E muito provavelmente você deve ter negado por puro desconhecimento da ação.

Pois é, mas você sabia que esse ato, que não exige esforço significativo, pode gerar diversos benefícios para o consumidor, que vai desde descontos em impostos, até a chance de ganhar prêmios em dinheiro? Quer saber mais? Siga a leitura da matéria abaixo.

Vantagens que valem a pena:

Descontos em impostos:

Diversos estados e municípios oferecem programas que devolvem parte do ICMS pago nas compras para aqueles que colocam o CPF na nota. No estado de São Paulo, por exemplo, o programa Nota Fiscal Paulista permite que os consumidores recebam até 30% do ICMS de volta, o que representa uma economia significativa no orçamento familiar.

Participação em sorteios:

Além do retorno financeiro direto, muitos programas também oferecem a chance de participar de sorteios com prêmios em dinheiro. Em alguns casos, os valores podem ser bastante expressivos, como o prêmio de 1 milhão de reais sorteado recentemente pelo programa Nota Paraná.

Combate à sonegação fiscal:

Ao solicitar a nota fiscal e incluir o CPF, o consumidor contribui para o combate à sonegação de impostos, um problema que causa grande prejuízo aos cofres públicos e, consequentemente, à sociedade como um todo.

Como aproveitar os benefícios:

Para desfrutar das vantagens de colocar o CPF na nota fiscal, é necessário realizar um cadastro simples no programa de sua cidade ou estado. O processo geralmente é rápido e pode ser feito online ou em pontos de atendimento presencial.

Procure informações:

Pesquise na internet ou entre em contato com a Secretaria da Fazenda de seu estado para obter informações sobre o programa disponível em sua localidade.

Agora que você já sabe os benefícios e de incluir o CPF na nota, ao realizar compras, informe ao vendedor que deseja incluir o seu CPF na nota fiscal. Vale lembrar que ao colocar o CPF na nota fiscal, você não apenas contribui para a sua própria saúde financeira, mas também colabora para a construção de uma sociedade mais justa e transparente.

Fonte: DOL