Tá na Ita, tá legal!

Forças de segurança prendem dois suspeitos de transportar uma tonelada de drogas

A ação célere da força-tarefa localizou os suspeitos em menos de 48 horas após a apreensão da carga ilegal, no estreito de Breves

A força-tarefa integrada por órgãos de segurança pública prendeu, na tarde desta segunda-feira (4), dois suspeitos de envolvimento no transporte de uma tonelada de drogas, apreendida em uma embarcação no último sábado (2), no Rio Aturiá, no estreito de Breves, Arquipélago do Marajó.

Os suspeitos foram localizados durante diligências no Rio Pracaxi, quando tentavam fugir em uma canoa. Os dois homens, de 50 e 37 anos, um identificado como o piloto da embarcação apreendida com a droga e seu comparsa, foram presos e conduzidos à Base Fluvial Antônio Lemos, no Rio Tajapuru, para os procedimentos do flagrante.

O secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado, informou que a prisão dos dois envolvidos, efetuada em menos de 48 h, demonstra a agilidade nas investigações e intensa ação das equipes policiais.

“Desde a grande apreensão de cerca de uma tonelada de drogas, além da embarcação utilizada na ação, interruptamente continuamos em busca para a captura dos envolvidos no crime, e conseguimos encontrar pelo menos dois deles. Agora serão feitos o procedimento flagrancial e o prosseguimento das diligências, visto que alguns deles ainda estão nas matas. As equipes da Polícia Militar, da Polícia Civil, GFlu (Grupamento Fluvial) e todos os órgãos integrados na Base Antônio Lemos continuam com as buscas nas matas, nas margens dos rios, à procura de todos os envolvidos no crime, para que todos sejam responsabilizados, e isso demonstre, mais uma vez, que o sistema está atento e não deixará nenhum crime impune”, afirmou o titular da Segup.

Localização

Segundo a equipe policial composta por agentes do Grupamento Fluvial de Segurança Pública, Delegacia de Polícia Fluvial e Batalhão de Operações Especiais (Bope), as diligências nesta segunda-feira iniciaram logo pela manhã, nos rios e matas do entorno da área onde os suspeitos fugiram, conforme apontavam as buscas e informações de moradores da região. As diligências avançaram para o Rio Pracaxi, e os policiais encontraram os foragidos.

Após a prisão, uma equipe da Divisão Estadual de Narcóticos, da Polícia Civil, se dirigiu à Base Fluvial Antônio Lemos, em Breves, para registrar o flagrante dos investigados, que depois serão conduzidos ao sistema penitenciário, e responderão pelos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico.

As diligências prosseguem, de forma integrada, por agentes da Segup, dos grupamentos Fluvial (GFlu) e Aéreo de Segurança Pública (Graesp), e equipes especializadas das polícias Militar e Civil.

Fonte: Agencia Pará

Por: Ramilso Santos – Jornalista MTE 00512/RR