Tá na Ita, tá legal!

Foragido há mais de 2 anos em MG por homicídio é preso no Pará

A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO), composta pela Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Penal, efetuou a prisão de um indivíduo de 56 anos, natural de Sabinópolis, nesta terça-feira (12 de dezembro). O homem, considerado altamente perigoso, estava foragido da Justiça de Minas Gerais desde maio de 2021. Ele é acusado de cometer um homicídio cruel, por motivo fútil, no interior de um escritório de um posto de gasolina em São João Evangelista.

Após o homicídio, em que o acusado desapareceu com o corpo da vítima, ele fugiu, e não foi mais encontrado. Diversas notícias falsas sobre sua localização foram veiculadas para desviar a atenção das forças policiais. Após tentar, pela segunda vez, entrar nos Estados Unidos o nome dele foi incluído na Difusão Vermelha da Interpol.

Em 2010, também como foragido de uma acusação de homicídio ocorrido em 2001, o acusado foi preso em Port St Lucie, na Florida, EUA. Na ocasião, a U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE) o prendeu por porte de armas (duas pistolas .40), falsidade ideológica e status migratório irregular.

A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado em Governador Valadares (Ficco/GVS), a Polícia Federal em Governador Valadares, Belo Horizonte e Brasília, a Polícia Civil de São João Evangelista, e a Divisão de Repressão ao Crime Organizado da Polícia Civil no estado do Pará conduziram diversas diligências ao longo dos anos e conseguiram localizar o foragido na cidade de Canaã dos Carajás, no Pará.

A equipe paraense efetuou a prisão do indivíduo com base em mandado de prisão e em flagrante delito por uso de documento falso. O detido foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil em Parauapebas, também no Pará, e ficará à disposição da Justiça.

 

Fonte: O Tempo