Tá na Ita, tá legal!

Família de pessoas com autismo pode ter desconto de 65% na conta de luz

Clientes da Equatorial Pará, com familiares que fazem parte do espectro autista, podem garantir descontos na tarifa de energia. Foto: Divulgação

A Equatorial Pará, por meio da campanha “Energia Azul”, concede descontos na conta de energia para os clientes de baixa renda através do programa de Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) que contempla, também, famílias que possuem membros com o Transtorno do Espectro Autista (TEA). Com esta iniciativa, os descontos chegam a 65% da tarifa.

De acordo com Anderson Torres, gerente de Relacionamento com o Cliente da Equatorial Pará, o programa destinado às famílias de pessoas com transtornos, doenças e síndromes (física, motora, auditiva, visual, intelectual ou múltipla) facilita o tratamento, procedimento médico ou terapêutico que requeira o uso continuado de aparelhos.

“Para garantir o benefício, é importante que as famílias de pessoas com autismo estejam inscritas no CadÚnico, com renda de até 3 salários mínimos e tenham laudo médico que comprove a necessidade de tratamento com uso de equipamentos elétricos. Neste laudo devem constar os dados da pessoa com autismo, número do NIS, situação clínica do paciente com número do CID e CRM do profissional, descrição dos aparelhos, período e número de horas mensais de uso dos equipamentos elétricos, homologação do laudo (quando o profissional não atuar no SUS) e endereço da unidade consumidora ou número da conta contrato”, reforça Anderson.

Para estes casos, o cadastro na TSEE precisa ser realizado nas agências de atendimento da Equatorial Pará, com apresentação da documentação necessária. Vale ressaltar que para realizar o cadastro não é necessário alterar o titular da conta de energia e é necessário atualizar os dados no CRAS, a cada dois anos, para garantir a continuidade do benefício.

Fonte: Diário do Pará