Tá na Ita, tá legal!

Durante ronda em Castanhal, policiais militares salvam bebê engasgado

Foto: Divulgação

Um bebê de sete meses foi salvo por policiais militares, na manhã deste domingo (28), depois de se engasgar com um pedaço de maçã. O caso aconteceu no bairro Novo Estrela, no município de Castanhal, na região de integração do Guamá. Uma equipe da Polícia Militar fazia ronda no bairro, durante a operação “Castanhal Segura”, quando a viatura foi parada pelos pais da criança.

“Olhamos pelo retrovisor e vinha um casal correndo e gritando. O pai estava com o menino, um bebê de sete meses. Os lábios dele já estavam roxos e ele parecia desacordado. Meu colega pegou a criança e começou a fazer a manobra. Depois eu peguei e continuei o procedimento. Nós vimos que ele voltou e entregamos para a mãe. Os pais estavam em pânico com a situação”, relatou o cabo Denilson Reis, responsável pelo socorro, junto com o soldado Wesley Maciel, do Comando de Policiamento Regional 3, responsável pela segurança da região do Salgado.

Foto: Divulgação

A situação de emergência foi registrada pela câmera de segurança de uma casa. As imagens mostram como os policiais realizaram a chamada “Manobra de Heimlich”, popularmente conhecida como a manobra do desengasgo, um procedimento rápido de primeiros socorros para tratar asfixia por obstrução das vias respiratórias superiores por corpo estranho, no caso da ocorrência, um pedaço de fruta.

“A gente aprende a fazer essa manobra no nosso curso de formação da Polícia Militar. A técnica é diferente para bebês de colo e crianças maiores e adultos. Eu já tinha feito em outras situações em casa, mas na rua foi a primeira vez. Mantivemos a tranquilidade para passar a segurança para os pais e no final deu tudo certo. Mesmo que não seja nossa competência específica, mas a população sabe que pode contar e que estamos prontos para agir, caso necessário”, reforçou o cabo Denilson Reis.

Foto: Divulgação

Orientação – Especialistas reforçam que o engasgo por obstrução pode levar a pessoa à morte por asfixia, por isso é imprescindível agir rapidamente. A orientação médica é aplicar a manobra, enquanto outra pessoa chama ajuda, tendo mais gente por perto.  Se um bebê não conseguir sair do engasgo, ele vai evoluir para uma parada cardiorrespiratória. Se precisar de ajuda, ligue para o SAMU 192.