Tá na Ita, tá legal!

Delegado alvo de tiros em Uruará morre no hospital regional em Altamira, no Pará

Foto: Reprodução

O delegado da Polícia Civil do Pará, Luciano Francisco Ferreira, morreu nesta terça-feira, 04, no hospital regional em Altamira. O agente de segurança pública foi alvo de sete disparos de arma de fogo em uma praça no município de Uruará, no sudoeste paraense, na manhã desta segunda-feira, 03.

Segundo informações, seis disparos atingiram o abdômen do delegado e outro na região torácica. O autor dos disparos, identificado como Carlos Eduardo, também foi atingido por balas disparadas por dois investigadores.

Após o ocorrido, o delegado foi encaminhado ainda com vida para o hospital municipal de Uruará e em seguida transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital regional da Transamazônica, em Altamira, a 189 km de distância de Uruará.

Nesta terça, o delegado de 40 anos não resistiu aos ferimentos e faleceu. Nas redes sociais, o Sindicato dos Servidores Públicos da Polícia Civil do Estado do Pará (Sindpol) emitiu uma nota sobre o falecimento do servidor.

Segundo informações, um dos suspeitos foi encaminhado para o hospital do município e morreu na manhã desta terça-feira. A Polícia Civil abriu inquérito para apurar as mortes.

O Caso

O delegado da Polícia Civil, Luciano Ferreira, que atua no município de Uruará, no sudoeste paraense, foi vítima de uma tentativa de homicídio na noite do último domingo, 2. Ele é titular da delegacia em Brasil Novo, mas após assumir o comando da Operação “Curupira”, se mudou para o município onde o crime ocorreu.

Segundo informações apuradas, o delegado foi alvejado com pelo menos sete tiros. Outro homem também foi atingido por um tiro, e levado ao hospital. Os agentes estariam em operação policial e durante uma intervenção o delegado acabou sendo alvejado.

Fonte: Romanews