Tá na Ita, tá legal!

Coveiro encontra sepultura de Lázaro Barbosa revirada e polícia investiga se ossos do serial killer foram roubados; assista

Reprodução

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra a sepultura do serial killer Lázaro Barbosa violada no Cemitério de Cocalzinho de Goiás. Segundo informações, um coveiro percebeu que o túmulo foi revirado e avisou a administração do cemitério, que alertou a Polícia Civil de Goiás. O caso, que agora está sob investigação, aconteceu na última quarta-feira, 15. Uma perícia precisou ser acionada para identificar se alguma parte do corpo de Lázaro foi levada. Até a manhã desta quinta-feira, 16, não há qualquer confirmação se restos mortais do assassino teriam sido retirados.

Relembre o caso
Em 9 de junho de 2021, Lázaro matou quatro integrantes da família Vidal e espalhou terror no Distrito Federal e Entorno. Digitais dele foram encontradas na casa das vítimas, no Incra 9, Ceilândia. Investigações apontam que Lázaro usou arma de fogo e faca para matar Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15, após invadir a chácara em que eles moravam. O assassino ainda levou a mulher de Cláudio, Cleonice Marques de Andrade, 43. O corpo dela foi achado no dia 12 de junho, por um grupo de moradores, empenhados nas buscas pela dona de casa. O laudo indica que Cleonice levou um tiro na cabeça e aponta indícios de violência sexual.

Após os assassinatos, Lázaro deu início a uma fuga que durou quase um mês. O criminoso acabou morto por pelo menos 38 disparos, em 28 de junho daquele ano, após trocar tiros com policiais em uma mata nas imediações da casa da ex-sogra, em Águas Lindas (GO).

Com informações do Metrópoles