Tá na Ita, tá legal!

Copiloto Itaitubense que morreu em acidente aéreo no Acre tinha se tornado pai há um mês

O copiloto Kleiton Lima Almeida, de 39 anos, que morreu na queda de avião no Acre no ultimo domingo (29), nasceu e morava em Itaituba, no sudoeste do Pará. Ele tinha se tornado pai há um mês, segundo a irmã, Gardeny Lima.

Kleiton foi uma das 12 vítimas do o acidente aéreo fatal, de acordo com o Governo do Acre. A aeronave era pilotada por Cláudio Atílio Mortari e foi constatado através das redes sociais, que Atílio era natural de São Paulo, mas também morava em Itaituba.

O avião era de pequeno porte e explodiu ao cair, logo após decolar, próximo à pista do aeroporto internacional de Rio Branco. O veículo aéreo era particular, da empresa Art Taxi Aéreo, e iria para a cidade Envira no Amazonas. Segundo a Agência Nacional de Aviação, o avião estava em situação regular.
Cláudio morava no Pará desde a década de 80. Na internet moradores do Município de Itaituba lamentaram a morte dos profissionais.
Também nas redes sociais de Kleiton era possível acompanhar suas atividades além da aviação, ele compartilhava fotos de momentos agradáveis em que praticava exercícios físicos e esportes, como andar de bicicleta ao lado da companheira, Anny Trindade, e treinar jiu-jítsu com os colegas e parceiros.

 

Fonte: G1
Foto: Redes sociais