Tá na Ita, tá legal!

China derruba o embargo da carne bovina após quatro meses de paralisação

O Ministério da Agricultara em divulgação feita nesta manhã de quarta-feira, informou que a china derrubou o embargo à carne bovina brasileira.

Agora as exportações ao país asiático voltaram ao normal, com a certificação e embarque da proteína animal. O embargo à carne brasileira já se estendia há quatro meses e causou impactos no setor agropecuário, já que a China é o principal mercado da carne brasileira.

Segundo levantamento da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), o volume de exportações de carne bovina brasileira caiu 43% no mês de outubro quando comparado ao mesmo período de 2020.

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, comemorou nesta quarta-feira (15) a decisão do governo chinês de derrubar o embargo da carne bovina brasileira.

 “O governo brasileiro fica satisfeito, porque comprova o reconhecimento da qualidade da carne brasileira. A notícia tranquiliza e mostra a qualidade da carne brasileira”, disse.

Segundo a ministra, a decisão é resultado tanto do trabalho da secretaria de defesa agropecuária quanto da secretaria de comércio internacional, ambas do Ministério da Agricultura.

Embargo da carne bovina já se estendia por quatro meses.