Tá na Ita, tá legal!

Castanhal: ‘Molequinho’ é morto a tiros; ele era suspeito de integrar grupo criminoso

Um jovem de apenas 20 anos, mas com aparência de menos idade, foi morto a tiros, na madrugada de quarta-feira (4/4), na Feira da Ceasa, em Castanhal, município do nordeste do Pará. A vítima foi identificada como José Roberto Gomes Alves, pessoa em situação de rua e com várias passagens pela polícia, confirmou o delegado Thiago Dias. O rapaz chamava atenção pela aparência de criança. “Mas ele é maior”, garantiu o policial civil.

Foto Reprodução: Redes Sociais

“Molequinho”, como era chamado, foi alvo de dois criminosos armados, os quais efetuaram os disparos de arma de fogo e fugiram logo em seguida, tomando rumo desconhecido. Até o momento, eles não foram identificados nem presos.

Uma guarnição da Polícia Militar fazia rondas ostensivas e foi acionada, por volta das 0h30, para atender a uma ocorrência de homicídio. Quando chegaram ao local, constataram a veracidade da informação. Os policiais militares isolaram a cena do crime e acionaram os demais órgãos competentes.

Após a perícia, a Polícia Científica do Pará (PCP) removeu o corpo de “Molequinho” para a sede do Instituto Médico Legal (IML). No local do assassinato, a polícia apurou que a vítima seria integrante de um grupo criminoso que estaria realizando várias invasões a residências. Porém, somente as investigações da Polícia Civil poderão esclarecer a verdadeira motivação do crime.

Fonte: O Liberal.