Tá na Ita, tá legal!

Caminhoneiro em alta velocidade provoca acidente com morte na BR-163/PA e foge sem prestar socorro

Caminhoneiro em alta velocidade provoca acidente com morte e interrupção da BR-163, divisa de Mato Grosso com Pará, e foge sem prestar socorro às vítimas. Foto: Reprodução

Um acidente (sinistro) no km 36 da BR-163, em Novo Progresso (PA), próximo à Divisa dos Estados de Mato Grosso e Pará, trecho sob concessão da Via Brasil BR-163, envolvendo uma carreta, carregada com milho, e mais dois veículos, no início da tarde dessa segunda-feira (12), deixou uma pessoa morta e outra com ferimentos moderados.

Segundo a concessionária, por meio de sua assessoria de imprensa, as vítimas são dois funcionários da empreiteira Sinalta Propista, que presta serviços à da Via Brasil BR-163. Um faleceu no local e o outro ficou ferido e foi socorrido pela ambulância da concessionária ao Hospital de Peixoto de Azevedo (MT).

De acordo com a empresa, diante do tráfego interrompido, foi necessário a implantação do sistema ‘Pare-e-Siga’ por várias horas.

O portal Estradas teve acesso aos vídeos, feitos por um carreteiro que chegou no local minutos depois do tombamento. Ele diz que observou uma pessoa em óbito e outra ferida. Em minutos, o congestionamento se formou na rodovia.

O sinistro

Segundo relatos de testemunhas, a carreta trafegava sentido Cuiabá (MT) – Santarém (PA), em velocidade acima do permitido, quando perdeu o controle da direção, atingiu dois veículos e duas pessoas que trabalhavam na manutenção da pista, e em seguida o segundo reboque tombou nas faixas de rolamento, espalhando a carga de milho pela pista.

Ainda de acordo com testemunhas à equipe operacional da concessionária, o reboque, antes de tombar, colidiu com a lateral de um utilitário Fiat Dobló e também com um caminhão, ambos da empreiteira Sinalta Propista, que estavam no acostamento, a serviço da Via Brasil BR-163. O caminhão tombou além do acostamento atingindo dois funcionários da empreiteira; um faleceu e o outro foi socorrido ao hospital.

Diante desse cenário, segundo as testemunhas, o caminhoneiro fugiu com o cavalinho e um dos reboques; percorreu um quilômetro e abandonou o outro reboque. Em seguida, fugiu com o cavalinho. Porém, ele foi detido pela polícia, está sob custódia em Castelo dos Sonhos (PA).

PRF não esclareceu

Estradas manteve contato com a unidade da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Pará, para confirmar as informações das testemunhas e saber mais detalhes da ocorrência. Até a publicação desta matéria, não obteve as respostas.

Empreiteira não respondeu

A reportagem também manteve com a sede da empreiteira Sinalta Propista, em São Paulo, e conversou com o funcionário do RH, que se identificou como Paulo. Ele disse que não saberia informar nada a respeito: “Ligue mais tarde que eu vou tentar ver”, disse.

(*) Matéria em atualização

Fonte: Estradas