Tá na Ita, tá legal!

Amapá decreta emergência após surto de gripe infantil; duas crianças morreram neste final de semana

Até a tarde de sábado (13) 162 crianças estavam internadas com síndromes respiratórias agudas graves, sendo que 29 estavam entubadas em UTIs. (Arquivo / Agência Brasil)

O Amapá enfrenta um surto das síndromes gripal e Respiratória Aguda Grave (SRAG) que causou a lotação das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) pediátricas da rede pública, levando o governo estadual a decretar situação de emergência de saúde. Neste final de semana, de acordo com informações divulgadas pelo G1 Amapá, duas crianças morreram no estado, entre elas uma criança indígena, que faleceu neste domingo (14) após agravamento de bronquite.

A prefeitura de Macapá, capital do estado, adiantou a vacinação para o público em geral da influenza. O boletim epidemiológico da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) mostrou que apenas 16% das crianças com idade para serem vacinas foram imunizadas.

Até a tarde de sábado (13), 162 crianças estavam internadas com síndromes respiratórias agudas graves, sendo que 29 estavam entubadas em UTIs.

Todas as UTIs pediátricas estão lotadas, segundo o governo do estado, que adotou algumas medidas para combater o surto. Veja quais são:

  • Aumento de UTIs em Macapá e Santana
  • Intensificação da campanha de vacinação
  • Decreto com medidas sanitárias
  • Restituição do Comitê de Emergência em Saúde
  • Reforço de oxigênio nas unidades de saúde
  • Aumento de escalas de plantões

O governador Clécio Luis (Solidariedade) reuniu com os prefeitos dos 16 municípios do Amapá para tomar medidas emergenciais. O Ministério da Saúde também foi informado sobre o quadro epidemiológico infantil do estado.

Fonte: O Liberal