Tá na Ita, tá legal!

Casal de pastores e filho de 14 anos morreram em acidente entre quatro veículos na BR-163

(Foto: Reprodução)

O casal de pastores Everaldo Adachinari e Dianes Ana Schmitz Adachinari, de 56 e 41 anos, e o filho Davi Schimitz Adachinari, de 14, morreram no grave acidente entre quatro veículos em Lucas do Rio Verde (a 330 km de Cuiabá), na tarde de sábado (1º). A filha mais nova das vítimas sobreviveu, mas ainda está internada.

A família viajava em um Meriva prata, que se envolveu na colisão entre duas carretas e um ônibus de viagem. A identidade das vítimas foi divulgada pela Polícia Civil nesta terça-feira (4).

Everaldo, Dianes e os filhos moravam em Chapecó (RS) e viajavam para Sinop quando se envolveram no acidente na rodovia. A família estava de mudança para a cidade no Norte de Mato Grosso.

Esther Schimtz Adachinari, de oito anos, está internada no Hospital São Lucas, em Lucas do Rio Verde. De acordo com informações da antiga igreja dos pastores no Rio Grande do Sul, a menina está se recuperando e os médicos vão começar um “pseudo desmame dos medicamentos”.

Um pastor de Nova Mutum esteve na unidade de saúde para visitar Esther nessa segunda-feira (3). O colégio onde Davi estudava em Chapecó lamentou a morte do adolescente. Em 28 de setembro, antes da mudança de estado, ele se despediu dos professores e colegas no local.

“No momento, não conseguimos medir o tamanho da nossa dor, o Colégio está de luto, mas temos a certeza e a esperança de que muito em breve *Jesus voltará* e poderemos reencontrar esta família novamente!”, diz trecho da nota. (Com informações Da Redação – Bruna Barbosa).

Fonte: Jornal Folha do Progresso